Festas juninas: Sedet orienta sobre colocação de fogueiras

Como tradição nordestina, o mês de junho é bastante aguardado pelos alagoanos e, junto com ele, as festas juninas. Para garantir a segurança neste período, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) intensifica a fiscalização e orienta a população sobre os cuidados e procedimentos para a colocação de fogueiras.

José Soares orienta sobre a instalação de fogueiras. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

José Soares orienta sobre a montagem de fogueiras. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

De acordo com a Sedet, as madeiras utilizadas para as fogueiras têm que ter como origem o florestamento, que são as lenhas utilizadas para a venda, a exemplo do Eucalipto, Pínus e Sabiá. A utilização de madeiras provenientes dos manguezais ou da Mata Atlântica é considerada crime ambiental, previsto nos Códigos Municipais e Federais, nas leis respectivas de Nº 4.548/1996 e 9.605/1988.

“Montamos um cronograma especial este mês para orientar e intensificar a fiscalização sobre a padronização das fogueiras. Se for comprovada a comercialização ou utilização dessas madeiras, o responsável pode pegar até cinco anos de reclusão”, explica José Soares, coordenador de Fiscalização da Sedet.

Também não é aconselhável o uso de madeiras provenientes da construção civil, nem de móveis antigos, porque podem conter produtos perfuro-cortantes, como pregos e arames. Bem como podem apresentar verniz e outros produtos tóxicos que, com a queima, liberam substâncias nocivas à saúde.

As fogueiras podem ter até um metro de altura por um metro de diâmetro e largura. Além disso, essas fogueiras devem ser construídas a uma distância mínima dos chamados palhoções, de aproximadamente 10 metros, evitando, assim, que as fagulhas atinjam-nos, causando acidentes.

O local escolhido para montagem também requer atenção. A Sedet orienta que as fogueiras não sejam colocadas próximas a casas, árvores, fiação, automóveis e produtos inflamáveis.

Para acender as fogueiras é preciso observar se não há crianças por perto e utilizar gravetos para estimular a proliferação do fogo, evitando o uso de gasolina, solvente, óleo, querosene e outras substâncias inflamáveis.

Dúvidas e denúncias podem ser feitas pelo telefone 3315-4759, ou na Sedet, localizada na Avenida Governador Afrânio Lages, 297, no bairro do Farol, de 8h às 14h.

Raíssa Barbosa/ Ascom Sedet

bg azul