feed

SEMAS

Secretaria Municipal de Assistência Social

Avenida Comendador Leão, 1.383, Poço.
CEP 57025-000 // Telefone: (82) 3315-7378

Prefeito Rui Palmeira apresenta a ministros projeto para a orla lagunar

O prefeito Rui Palmeira recebeu os ministros das Cidades, Alexandre Baldy, dos Transportes, Maurício Quintella,  e uma comitiva de autoridades, na tarde desta sexta-feira (12), para uma visita à orla lagunar. O objetivo foi apresentar o projeto para a execução de obras de infraestrutura e moradia no local e discutir a captação de recursos para a realização dos serviços.

Ministro das cidades Alexandre Baldy com prefeito Rui Palmeira visitam orla lagunar. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

Ministro das cidades Alexandre Baldy com prefeito Rui Palmeira visitam orla lagunar. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

Para o gestor municipal, a vinda do ministro foi fundamental para que ele conhecesse de perto a realidade de quem mora às margens da Lagoa Mundaú. “Conversamos sobre o que pretendemos fazer na região, pois estamos lutando para conseguir 1.800 unidades habitacionais para quem mora aqui. Futuramente, queremos uma nova via onde hoje existe a favela. Devemos, já na próxima semana, apresentar esse projeto à Caixa Econômica e vamos lutar muito para liberar esses recursos”, disse Rui.

Ministro das cidades Alexandre Baldy com prefeito Rui Palmeira visitam orla lagunar. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

Ministro das cidades Alexandre Baldy com prefeito Rui Palmeira visitam orla lagunar. Foto: Marco Antônio/ Secom Maceió

“Percebi várias realidades na capital alagoana, que tem regiões muito belas e bem apresentadas, e outras com desafios enormes, como nas comunidades da Torre e Sururu de Capote, que margeiam a orla lagunar. O Ministério das Cidades vai aguardar os projetos da Prefeitura para podermos transformar a realidade de cerca de 1.800 famílias. Aqui poderia se tornar em um novo cartão postal de Maceió”, afirmou o ministro Alexandre Baldy.

A proposta da Prefeitura prevê a construção de 1.776 unidades habitacionais verticalizadas que beneficiarão todas as famílias que hoje residem em área imprópria, às margens da lagoa, sem infraestrutura alguma e em total situação de vulnerabilidade social, além da relocação do traçado da via, levando-a mais próxima da margem da lagoa, o que impedirá novas ocupações às margens da lagoa.

“A comunidade necessita urgentemente de ações de infraestrutura e de habitação. A vinda da comitiva é uma tentativa para que possamos resolver, definitivamente, os problemas enfrentados por quem mora aqui”, destacou o vice-prefeito, Marcelo Palmeira.

Estão previstas ainda a construção de alguns equipamentos públicos sociais que possibilitarão que a comunidade tenha melhor acesso aos serviços públicos, bem como melhorias nas condições de trabalho e geração de renda de quem vive na região.

Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, será dada uma atenção especial ao projeto. “Tenho certeza de que o ministro saiu de Maceió sensibilizado para encontrar uma alternativa para essa região. Nessa visita, ele já autorizou que a Prefeitura dê entrada na Caixa Econômica para a análise do projeto das quase duas mil moradias. Vamos trabalhar para melhorar a qualidade de vida dessa população”, frisou.

Fizeram parte da comitiva que visitou a orla lagunar, o senador Benedito de Lira, o deputado federal Arthur Lira, o prefeito de Rio Largo, Gilberto Gonçalves, a secretária Nacional de Habitação, Socorro Gadelha, e o presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Rodrigo Sérgio Dias.

Secom Maceió

bg azul