Prefeitura garante apoio da União para estudos no Pinheiro

Gestores da Prefeitura de Maceió estiveram em Brasília, nesta quarta-feira (23), para viabilizar junto ao Governo Federal a continuidade dos estudos que buscam identificar as causas das fissuras registradas no bairro do Pinheiro. A partir de agora, com a necessidade de levantamentos mais aprofundados, um grupo de trabalho será criado com a participação de técnicos da Defesa Civil de Maceió, da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM).

Reuniãozinha Brasília definiu a criação de um grupo de trabalho com representantes da Prefeitura de Maceió e do Governo Federal.

Reunião em Brasília definiu a criação de um grupo de trabalho com representantes da Prefeitura de Maceió e do Governo Federal

A ida dos gestores municipais a Brasília aconteceu após a emissão do relatório preliminar elaborado pelos professores doutores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que vieram a Maceió no mês de abril e realizaram estudos com a utilização de um GPR, equipamento que permite a visualização do subsolo. Segundo o documento, encaminhado ontem (22) à Defesa Civil, o equipamento alcançou uma profundidade média de 15 metros, no entanto não foi identificada qualquer estrutura que justificasse a ocorrência do fenômeno. Com isso, os professores recomendaram a utilização de outros recursos técnicos de geologia. 

“Desde os primeiros registros das fissuras, a Prefeitura se mobilizou para realizar os levantamentos necessários conforme a competência da gestão municipal. Trouxemos os professores da UFRN, recebemos o relatório dos primeiros levantamentos e, de acordo com a necessidade de ampliar estes estudos, viemos a Brasília para discutir com o Governo Federal as próximas medidas. Garantimos o apoio e contaremos com a integração da CPRM e do DNPM, além dos professores que iniciaram os estudos, que devem orientar as etapas seguintes. O grupo será estabelecido e nas próximas semanas uma reunião será realizada em Maceió”, explicou o titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds), Gustavo Acioli Torres, gestor da pasta responsável pela Defesa Civil de Maceió. 

Gestores da Prefeitura foram a Brasília após emissão do relatório preliminar sobre a situação do Pinheiro.

Gestores da Prefeitura foram a Brasília após emissão do relatório preliminar sobre a situação do Pinheiro.

Além de Torres, também participaram da reunião o secretário-adjunto Especial de Defesa Civil, Dinário Lemos, o assessor técnico da Semds, Heverton Vitorino, e o coordenador de ações e contingência da Defesa Civil, Arthur Rodas.  Do Governo Federal, participaram o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, o diretor-geral do DNPM, Victor Hugo Froner Bicca, e o chefe da Divisão de Geofísica da CPRM, Luiz Gustavo Pinto, que colaborou com a discussão por meio de videoconferência. 

Lucas Alcântara/ Ascom Semds

bg azul