semas feed

SEMAS

Secretaria Municipal de Assistência Social

Avenida Comendador Leão, 1.383, Poço.
CEP 57025-000 // Telefone: (82) 3315-7378

Prefeitura promove primeira ação itinerante do BPC

Nesta quarta-feira (16), a Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), promoveu a primeira ação itinerante de recadastramento do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Organizada pela Coordenação e Conselho dos Direitos da Pessoa com Deficiência, a ação aconteceu na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), no bairro do Padro e atendeu cerca de 100 pessoas.

Neste primeiro momento, foram atendidas pessoas com deficiência cadastradas na Apae, que foram informadas ao longo do mês sobre a atualização cadastral e sobre a documentação necessária para o recadastramento. A  ação foi realizada pelas equipes técnicas do BPC do  Centro de Atendimento Socioassistencial (Casa) e  do Cadastro Único (CadÚnico).

Para realizar o recadastramento, o beneficiário ou o responsável pelo benefício, passa primeiro por uma avaliação com a assistente social, depois é  encaminhando para a consulta do CadÚnico e, em seguida, é direcionado ao recadastramento do BPC.   Esse benefício assistencial do Sistema Único de Assistência Social (Suas) garante um salário mínimo para idosos ou pessoas com deficiência que tenham uma renda familiar mensal de um quarto do salário mínimo.

 

apae-bpc-semas-5

O recadastramento do BPC é uma exigência do Ministério de Desenvolvimento Social (Foto:Ascom Semas)

O recadastramento do BPC é uma exigência do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). Quem não tiver inscrito no benefício ou recadastrado irá perder o benefício em 2019.

Segundo a assistente social do BPC, Daniela Gomes de Lima, a ação veio com o objetivo de agilizar o processo para os beneficiários e livrá-los de longas filas para quem deixa de última hora.“Nessa ação, eles estão com todos os serviços reunidos no mesmo lugar, onde realizamos a avaliação e o recadastramento. Apesar deles terem até dezembro para a atualização, é muito mais prático aproveitar essa oportunidade”, disse Daniela Gomes.

Ana Paula dos Santos foi a primeira a ser atendida durante a ação itinerante e disse que se sentiu aliviada após confirmar o recadastramento de seu filho de 11 anos, com Síndrome de Down. “Meu filho faz atendimento aqui na Apae, então as assistentes sociais me avisaram logo sobre a ação. Já tinha separado todos os documentos, acordei cedo e corri pra cá. Não tem como perder uma chance dessas, é muito mais fácil e ágil”, comemorou Ana Paula.

A aposentada Nubineide Silva e Pessoa, que tem um filho de 17 anos com síndrome de Down, agradeceu a coordenação após realizar seu recadastramento. “Essa ação foi ótima. Facilitaram nossas vidas, está bem organizada, foi rápida e é a forma que temos de garantir nossos direitos e o benefício. Adorei”, disse a aposentada.

A ação itinerante passará por todas as unidades institucionais cadastradas na Semas. A próxima está marcada para 21 de maio no Instituto Crescer, localizado no bairro do Farol, das 8h às 14h.

Amanda Falcão (estagiária) / Ascom Semas

bg azul