semed feed

SEMED

Secretaria Municipal de Educação

Rua General Hermes, 1199, Cambona
CEP 57017-000 // Fone: (82) 3315-4553

Centros de educação infantil recebem livros do projeto Itaú Social

Maria Cicera, diretora do Cmei, reúne as crianças e faz um momento de leitura.

Maria Cicera, diretora do Cmei, reúne as crianças e faz um momento de leitura. Foto: Erick Nogueira

Ler para uma criança muda o mundo. Esta é uma das máximas do projeto Itaú social, que doa livros para crianças em todo o Brasil. Alguns milhares destes livros chegaram às salas de aulas dos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) de Maceió. A Secretaria Municipal de Educação (Semed) cadastrou os 59 Cmeis da rede, para que as 8.409 crianças atendidas por eles recebam os livros.

E os livros já começaram a chegar. No Cmei Marechal João Batista Mascarenhas de Moraes, na Pitanguinha, chegaram 456 envelopes com 2 livros cada. Por lá, são cerca de 185 crianças que serão beneficiadas.

Aluna do Cmei exibindo a historinha que leu

Aluna do Cmei exibindo a historinha que leu. Foto: Erick Nogueira

De acordo com a diretora do Cmei, Maria Cicera Santos da Silva, a orientação foi distribuir os livros para as crianças levarem pra casa, mas antes os professores fizeram uma roda de conversa para a leitura das histórias. Segundo a diretora, a prática de leitura é constante no Cmei, que inclusive tem um projeto chamado Sacola Viajante, no qual as crianças escolhem um título, que é levado para casa para algum adulto ler e no dia seguinte devolve o livro com o compromisso de fazer a leitura para os colegas. “Eles amaram saber que esses livros seriam deles e ficaram alegres por não precisar mais devolver”, destaca a diretora sobre a reação dos alunos com a chegada dos livros.

A leitura do adulto para criança, na primeira infância, é um importante instrumento para a socialização e para a construção de vínculos. Essa prática contribui para a ampliação do vocabulário e da capacidade de aprendizagem das crianças.

Aquele momento da leitura

Foto: Erick Nogueira

De acordo com a coordenadora de Educação Infantil, Angelina Araújo, para a rede, esta parceria reforça o empenho em implantar as políticas públicas voltadas à aprendizagem infantil, particularmente as que tratam da alfabetização e letramento das crianças da rede. “O projeto do Itaú social traz para a discussão o papel fundamental que tem a família nesse processo. O projeto intitulado ‘Leia para uma criança’ busca envolver a família no desenvolvimento desse hábito. Para a educação infantil este é um conceito muito caro e que está em evidência nas orientações curriculares da educação infantil no eixo relação família-comunidade-escola”, explica.

Hebert Borges (Estagiário)/ Ascom Semed

bg azul