feed

SEMAS

Secretaria Municipal de Assistência Social

Avenida Comendador Leão, 1.383, Poço.
CEP 57025-000 // Telefone: (82) 3315-7378

Caminhada chama atenção para direitos das pessoas com deficiência

Caminhada aconteceu nas ruas do Centro. Foto: Ascom Semas

Em Maceió, o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, comemorado nesta segunda-feira (3), foi marcado com uma caminhada nas ruas no Centro. A ação foi realizada pelos Conselhos Municipal e Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência com a parceria das secretarias municipais de Assistência Social (Semas), de Esporte, Lazer e Juventude (Semelj), de Saúde (SMS) e entidades sociassistenciais.

O Dia Internacional das Pessoas com Deficiência tem o objetivo de informar a população sobre todos os assuntos relacionados à deficiência, seja ela física ou mental. Além disso, também busca conscientizar à sociedade sobre a importância de inserir as pessoas com deficiência em diferentes aspectos da vida social, como a política, a econômica e a cultural.

Segundo a coordenadora dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Semas, Analina Calheiros, hoje não é um dia para ser comemorado, mas de luta. “Cada instituição trouxe a sua faixa reivindicando seus direitos”, destacou.

Caminhada reuniu centenas de pessoas com deficiência. Foto: Ascom Semas

A intenção da caminhada foi fazer um grande ato público, com a participação de todos os envolvidos na causa da pessoa com deficiência. “Hoje foi um dia muito especial e positivo. Um dia de luta pelos direitos das pessoas com deficiência. Nenhum direito a menos”, falou o presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, João Ferreira.

Para o usuário da Associação dos Hemofílicos de Alagoas, Benedito do Nascimento, participar do ato é fortalecer a luta pela garantia de direitos das pessoas com deficiência. “Não é todo dia que vemos um ato desses. Não podemos perder os direitos que conquistamos com muita luta. Queremos chamar atenção das autoridades. Se não nos juntarmos para lutar pelos nossos direitos, perderemos o conquistamos”, disse.

Além da caminhada reivindicando mais acesso à saúde, educação, assistência social, acessibilidade, promoção ao esporte adaptado, transporte acessível, entre outros, aconteceu também panfletagem nas ruas do Centro.

Participaram da caminhada as entidades: Acal, Adefal, APPE, Apae, Pestalozzi, Associação dos Cadeirantes, Associação dos Hemofílicos, Centro de Atenção à Saúde da Sociedade Espírita Discípulo de Jesus, Crescer, Família de Anjos, Funcae, Fundonw, que além dos seus usuários, contou com a participação de pais e responsáveis.

 

Vanessa Napoleão /Ascom Semas

 

bg azul