feed

SEMAS

Secretaria Municipal de Assistência Social

Avenida Comendador Leão, 1.383, Poço.
CEP 57025-000 // Telefone: (82) 3315-7378

Prefeito participa do encerramento da Semana do Bebê


Prefeito Rui Palmeira ao lado de crianças assistidas por secretarias envolvidas nas ações da Semana do Bebê. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

Ações de educação, saúde e assistência social são determinantes para o futuro de crianças de 0 a 6 anos que precisam de cuidados pontuais durante a primeira infância. Com esse objetivo, a Prefeitura de Maceió se uniu, mais uma vez, ao Fundo das Nações Unidas (Unicef) e promoveu a quarta edição da Semana do Bebê, encerrada na manhã deste domingo (02), na Rua fechada, orla de Ponta Verde.

O encerramento da Semana do Bebê levou brincadeiras para as crianças e serviços para a população. A ação aconteceu na rua fechada da Ponta Verde.
Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

O prefeito Rui Palmeira participou da última ação da Semana do Bebê. “Foram ofertados serviços e atividades para toda a população em uma festa muito bonita, cheia de animação, com a participação da banda da nossa Guarda Municipal e a ação de várias secretarias, além da parceria com várias ONGs e inciativa privada, que possibilitaram esse grande dia. Finalizamos mais uma Semana do Bebê, uma parceria da Prefeitura com a Unicef, mostrando a importância que a primeira infancia tem para Maceió”, disse o gestor.

Durante toda a semana foram realizadas atividades nas cinco regiões prioritárias apontadas pela Plataforma dos Centros Urbanos (PCU), com ações voltadas à primeira infância realizadas pelas secretarias municipais de Assistência Social (Semas), Saúde, Educação, Esporte, Lazer e Juventude, além de diversos parceiros. O tema deste ano a foi importância da atenção à Primeira Infância, que segue do zero aos seis anos de idade.

A Secretaria Municipal de de Assistência Social (Semas) fez uma apresentação do teatro de fantoches do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Santa Lúcia, com conteúdo lúdico abordando o combate a violência contra crianças e adolescentes.

Prefeito Rui Palmeira conversa com integrantes da banda da Guarda Municipal, que animou a festa. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

“Uma semana de grandes aprendizados em que as pessoas estão envolvidas na causa da primeira infância. Elas estão percebendo que isso não é só uma questão de saúde, assistência social ou de educação, é uma confluência de fatores. O encerramento faz com que a gente comprove essa necessidade de interação de políticas públicas para que as crianças de 0 a 6 anos tenham uma infância feliz e saudável”, destacou a secretária de Assistência Social, Celyane Rocha.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) levou para a Rua Fechada oficinas de construção de bonecas, Shantalla, orientações sobre escovação e avaliação de crescimento. Já a Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Semds) expôs objetos de materiais recicláveis, pintura facial, oficina de brinquedos com garrafas PET e alguns jogos.
Quem estava no espaço reservado para o lazer na orla ainda pode contar com uma biblioteca volante, educação ambiental, atividades lúdicas, palhaços doutores do Projeto de Extensão Universitária Sorriso de Plantão, além de orientações, oficinas de slime, alimentos nutritivos, atividades recreativas e de circuitos psicomotores.

Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A consultora do Unicef para a Plataforma dos Centros Urbanos em Maceió, Juliana Vergetti, destacou o fortalecimento do trabalho ao longo dos anos. “Esta foi a quarta edição da Semana do Bebê e a cada ano Maceió se supera. Foram realizadas diversas ações durante a semana, tanto pelos órgãos da prefeitura como dos parceiros. O interessante é que a população, cada vez mais, se conscientiza sobre a importância do cuidado integral na primeira infância”, disse.

Frequentadora assídua da Rua Fechada, Elisana Arrais aproveitou as ações de encerramento da Semana do Bebê e levou sua filha, que se divertiu com as atividades lúdicas. “Achei muito importante para as crianças, pois possibilita que elas e os adultos interajam”, afirmou a dona de casa.

Secom Maceió

bg azul