feed

SMS

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Dias Cabral, 569 - Centro
CEP 57020-250 // Fone: 82 3312-5400
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.

Carnaval: nutricionista orienta foliões sobre alimentação adequada

Para se manter bem e  disposto durante os dias de folia do carnaval, é preciso também estar atento aos cuidados com a alimentação. Por este motivo, a Secretaria Municipal de Saúde orienta os foliões sobre os cuidados nutricionais que devem ser tomados nesta época.

Foliões devem investir em boa alimentação. Foto: internet.

Para começar, durante os dias de festa, muitas pessoas se expõem mais ao sol do que normalmente. Então, é necessário estar bem hidratado e ingerir de dois a três litros de água por dia. A pessoa também pode optar por água de coco, suco de frutas ou frutas ricas em água, como melancia, abacaxi e melão.

De acordo com Adriana Paffer, nutricionista da Coordenação de Promoção e Educação em Saúde (Copes), os foliões devem investir em alimentos leves e de fácil digestão. “As frutas possuem vitaminas e minerais que auxiliam em diversas funções do organismo, dentre elas no processo de desintoxicação”, explica.

A nutricionista aconselha ainda o consumo de alimentos que forneçam energia, para que o folião não perca a animação. Longos períodos em jejum também devem ser evitados, e o ideal é que as refeições sejam feitas a cada três horas.

“Prefira cereais, arroz e massa, mas dê preferência a versão integral destes alimentos e evite alimentos gordurosos e as frituras. É preciso estar atento às condições de higiene do local. Os alimentos devem estar conservados de forma adequada e os manipuladores com boa aparência, uniforme e mãos limpos”, comenta.

Para quem optar pelo consumo da bebida alcoólica o ideal é fazer um alternância entre os copos ou doses com água. “Assim é possível evitar a desidratação provocada pelo consumo do álcool, bem como se alimentar para evitar as complicações relacionadas ao consumo de bebidas alcoólicas como ressaca, desconforto intestinal, entre outros”, finaliza Adriana Paffer.

Graziela França/ Ascom SMS

bg azul