feed

SEDET

Secretaria de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente

Avenida Governador Afrânio Lages, 297, Farol.
CEP - 57050-015 // Fones: (82) 3315- 4754 / Disque Denúncia: (82) 3315-4747

Lixo: descarte irregular obstrui galerias de drenagem na Pajuçara

O trabalho para retirada do lixo teve apoio da Seminfra.

A fiscalização ambiental da Secretaria de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) identificou uma galeria de drenagem totalmente obstruída por lixo, na Avenida Doutor Antônio Gouveia, na Pajuçara. Devido ao descarte irregular de resíduos, foi necessário um trabalho grande para desobstruir o poço de visita e estancar o transbordamento de efluentes.

Na mesma ação de fiscalização, a Sedet constatou uma galeria de esgoto da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) em extravasamento, possivelmente causado por falta de manutenção. O caso foi constatado na noite dessa sexta-feira (15) e resolvido na manhã deste sábado (16).

Para desobstruir a galeria de águas pluviais e sugar o efluente da galeria de esgoto, a Sedet acionou a equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra). A ação foi concluída, por volta do meio-dia com a participação dos fiscais ambientais Thyers Batista, José James de Lima, Luiz Roberto Gomes, o coordenador de fiscalização ambiental da Sedet, José Soares Barbosa e o técnico da Seminfra, que atua na manutenção de galerias pluviais, José Luiz Tibúrcio.

Transbordamento de esgoto em via pública.

O secretário de Infraestrutura Mac Lira, que também responde interinamente pela Sedet, esteve no local e acompanhou o trabalho de perto. “Apesar de todo esforço da Prefeitura para educar a população sobre não jogar lixo na rua, ainda encontramos situações como essas”, declarou, Mac

Ele ressaltou que é muito importante os maceioenses se conscientizarem, pois o impacto do descarte irregular de resíduo em toda cidade é muito grande. “Um dos principais cartões postais de Maceió, próximo ao local de saída das jangadas para o passeio das piscinas naturais, ficar assim, pela quantidade de entulhos jogados pela própria população é lamentável”, disse o secretário.

Isa Mendonça / Ascom Sedet

 

bg azul