feed

DEFESACIVIL

Secretaria Adjunta Especial de Defesa Civil

Travessa Marques do Pombal S/N, Vergel do Lago
CEP 57014-110 // Fone: (82) 3315-1437

Defesa Civil transfere sede para o Pinheiro na próxima semana

A Defesa Civil de Maceió vai ganhar um novo endereço. A partir de segunda-feira (15), o órgão passa a funcionar na Rua João Barros Pinho, no Pinheiro, em uma casa espaçosa que vai facilitar o trabalho dos técnicos e permitir o atendimento à população com mais conforto. “Estamos agora dentro do bairro, bem próximos aos moradores. Essa mudança agiliza nosso trabalho, facilita toda a logística e permite que a gente atenda à população, tirando vários tipos de dúvidas”, afirma o secretário-adjunto especial da Defesa Civil, Dinário Lemos.

Nova sede da Defesa Civil de Maceió fica no Pinheiro. Foto: Pei Fon/ Secom Maceió

A nova sede, que fica na rua paralela à caixa d’água, vai contar com uma moderna sala de monitoramento, onde os técnicos do órgão vão receber constantemente informações geológicas, meteorológicas e imagens de câmeras, que vão facilitar o acompanhamento da situação dos bairros. “Receberemos equipamentos modernos para fazermos um acompanhamento cuidadoso do bairro e das regiões próximas”, disse Dinário.

Haverá ainda uma sala de atendimento ao público, com um arquiteto e um engenheiro civil, para dar informações sobre o mapa de feições, e uma para atendimento psicológico. Outras duas salas serão utilizadas para reuniões dos técnicos e para o setor de engenharia, onde serão traçadas ações estratégicas de atendimento aos moradores. “O nosso call center também foi transferido pra cá, para atender as demandas da população com muito mais eficiência”, garante Dinário. A Defesa Civil alerta, inclusive, que por causa da mudança, podem ocorrer instabilidades no call center (0800 030 6205) nos próximos dias, incluindo perda de sinal.

Auxílio-moradia social

A Defesa Civil de Maceió continua, nesta quinta-feira (11), com o cadastramento de moradores das áreas amarela e laranja do Pinheiro para o recebimento do auxílio-moradia social. O órgão passou a divulgar as ruas e o número das residências que precisam ser cadastradas. Para fazer o cadastramento, os moradores precisam levar, além dos documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de residência), a certidão do imóvel para comprovação da posse. Se o proprietário for casado, é necessária a documentação do cônjuge.

Se o proprietário for divorciado e tiver na escritura o nome do ex-cônjuge, é necessário apresentar a averbação de divórcio. O auxílio-moradia é no valor de mil reais e será pago por seis meses, prorrogável por mais seis. O atendimento é realizado na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), que fica na Avenida Comendador Leão, nº 1383, no bairro Poço, das 9h às 15h. Um ônibus da Defensoria Pública está na Semas para auxiliar as famílias que têm pendências em documentos, principalmente no registro dos imóveis.

Marcus Toledo/ Secom Maceió

bg azul