feed

COMARHP

Companhia Municipal de Administração, RH e Patrimônio

Rua General Hermes, 281 - Cambona
CEP 57017-010 // Fone: (82) 3312-5830.
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.

Fórum Eclesiástico alinha pautas com o Ministério Público

Com o objetivo de alinhar demandas do Fórum Eclesiástico de Alagoas com o Ministério Público de Alagoas (MPE/AL), vários líderes de igrejas cristãs estiveram reunidos, nesta sexta-feira (12), com o procurador-geral de Justiça de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça. A Prefeitura de Maceió esteve representada por Alan Balbino, diretor-presidente da Companhia Municipal de Administração, Recursos Humanos e Patrimônio (Comarhp).

Reunião da Comissão Permanente para Assuntos Eclesiásticos. Foto: Átila Vieira/ Secom Maceió

Representante da Igreja Batista do Farol e do Município no Fórum Eclesiástico, Alan Balbino, explicou que o principal objetivo do encontro foi de aproximar as instituições com os segmentos religiosos para melhor exercer o papel social.

“O Fórum Eclesiástico existe desde 2015 e o Município de Maceió tem dado apoio a todas as ações que são desenvolvidas. Nós estamos pedindo ao Ministério Público Estadual a criação de uma comissão para diminuir distâncias existentes entre as instituições e suas necessidades, como por exemplo, a realização de eventos e ações que são desenvolvidas nas áreas públicas. A Prefeitura já tem fortalecido essa aproximação por meio de guias de orientação para as instituições eclesiásticas”, disse Balbino.

Ele também lembrou a importância social dos trabalhos realizados pelas igrejas cristãs em Maceió e em Alagoas. “A instituição eclesiástica tem tido um papel fundamental. Atualmente nós temos 40 líderes que representam mais de 15 segmentos religiosos. Cremos que com o auxílio do MP em conjunto com outros órgãos estaduais, nós poderemos seguir com esse trabalho filantrópico e social”, acrescentou Balbino

Alfredo Gaspar garantiu que a instituição está sempre aberta às discussões que visam o bem comum e reconhece o trabalho desenvolvido pelas igrejas cristãs principalmente nas periferias. “O Ministério Público recebeu demandas justas e temos o maior prazer de trabalhar para superar esses obstáculos apresentados. Trabalhamos para promover o bem comum e o Fórum traz demandas nesta direção. Nosso objetivo é caminharmos em estradas que permitam a execução de todos os trabalhos que são para o bem da sociedade. Todo cidadão que sai de casa para fazer o bem merece o nosso apoio”, disse o chefe do Ministério Público.

O encontro aconteceu na sede do Ministério Público de Alagoas, no bairro do Poço. O promotor de justiça Magno Alexandre também participou da discussão.

Thiago Aquino/ Secom Maceió

bg azul