feed

SEMED

Secretaria Municipal de Educação

Rua General Hermes, 1199, Cambona
CEP 57017-000 // Fone: (82) 3315-4553

Programa leva internet de qualidade às escolas municipais

Professores de escolas municipais da capital receberam nesta quinta-feira (11) orientações sobre o programa de acesso à internet de alta velocidade – o Educação Conectada –  na sede da Secretaria Municipal de Educação (Semed). O programa, lançado em novembro de 2017, tem como objetivo apoiar a universalização do acesso à internet de alta velocidade e incentivar o uso de tecnologias digitais na educação básica, conforme previsto na estratégia nº 7.15 do Plano Nacional de Educação, o PNE.

Professores das escolas municipais estiveram na SEMED para receber orientações sobre o programa. (Foto: Renata Marques/Ascom Semed)

Segundo o coordenador do programa, William Carvalho, dentre as 94 escolas contempladas em Maceió, 40 já estão com internet de alta qualidade. “A meta da Secretaria é de que até o final do ano todas as unidades da rede municipal tenham essa conectividade para alunos, professores e diretores. Eles terão, dessa forma, acesso às cadernetas digitais, diários de aulas e todos os recursos pedagógicos possíveis através da internet”, frisou William.

As próximas etapas englobam o levantamento que já vem sendo feito sobre a rede em todas as escolas, no qual são observados se há laboratórios de informática, se existem professores da matéria no local e se há condições físicas para a implantação da rede ou se serão necessários reparos e adaptações.

“São quatro fases para a implementação total do programa: a conectividade; a infraestrutura; a formação dos funcionários, alunos, diretores e professores para lidar com essas novas tecnologias; e o diagnóstico dos resultados que o Educação Conectada tiver. Nós traremos todos os recursos”, complementou William.

A professora Mariluce Melo comentou sobre a boa qualidade da internet da escola Maria José Carrascosa. (Foto: Renata Marques/Ascom Semed)

A professora Mariluce Melo, da Escola Municipal Maria José Carrascosa, foi uma das que participou das orientações sobre o projeto e atestou a qualidade da internet que existe em sua unidade de ensino “Além da internet da escola ter uma boa qualidade, no nosso planejamento nós já incluímos propostas para trabalharmos as atividades pedagógicas com os alunos – não só os do ensino fundamental, como também da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJAI). A sala de informática foi reaberta há pouco tempo, agora após o recesso, e já estamos animados para utilizá-la” comemorou a professora.

Nathaly Correia (Estagiária)/Ascom Semed

bg azul