feed

SMS

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Dias Cabral, 569 - Centro
CEP 57020-250 // Fone: 82 3312-5400
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.

Dezembro Vermelho leva prevenção da Aids para o Centro

Dando continuidade às ações do Dezembro Vermelho, mês dedicado à luta contra o HIV e Aids, a Gerência de Programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis, Aids e Hepatites Virais da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou, nesta segunda-feira (9), uma mobilização no calçadão do Comércio, Centro de Maceió. A ação ocorreu em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc).

População teve acesso aos testes rápidos que podem detectar várias doenças. Foto: Equipe IST/Aids e Hepatites Virais

Durante a manhã, a população que passou pelo local contou com a realização de testes rápidos para detectar HIV, Aids e Hepatites B e C. Os testes rápidos são realizados a partir da coleta de uma gota de sangue na ponta do dedo e o método utilizado permite que em apenas meia hora, o paciente faça o teste, conheça o resultado e receba o serviço de aconselhamento necessário.

Acão realizada em parceria com o Sesc atendeu quem passava pelo local. Foto: Equipe – IST/Aids e Hepatites Virais

Trabalhamos com equipes de saúde preparadas para acolher e aconselhar a todos os pacientes, em especial, àqueles detectados com sorologia positiva, que necessitam de suporte psicológico e encaminhamentos adequados”, destacou a gerente do Programa de IST/Aids e Hepatites Virais da SMS, Tereza Carvalho.

A ação contou também com um bate-papo com a camisinha influencer, Milka Freitas, que conversou sobre a importância do uso do preservativo para a prevenção de doenças e entregou preservativos femininos e masculinos para a população.

Atendimento no Calçadão teve distribuição de preservativos masculinos e femininos. Foto: Equipe – IST/Aids e Hepatites Virais

Tereza Carvalho, gerente do Programa de IST/Aids e HV da SMS, afirmou, ainda, que o objetivo das ações que vem sendo desenvolvidas ao longo do mês é sensibilizar a população sobre mecanismos de prevenção e diagnóstico do HIV e da Aids. “O papel e o esforço de toda a rede de diagnóstico do HIV tem sido relevante, mas se faz necessário ampliar continuamente as ações de prevenção, principalmente junto às população-chave que são os homens que fazem sexo com outros homens, travestis, transexuais, profissionais do sexo, gays e usuários de álcool e outras drogas”, explicou.

Dezembro Vermelho

Em Maceió, a campanha foi instituída pela Lei Municipal 6693/17, que visa ampliar a visibilidade da luta contra a Aids. As ações acontecem desde 10 de novembro e prosseguirão até 18 de dezembro, intensificando atividades com os movimentos sociais e ONGs que trabalham na causa.

Ana Cecília da Silva – Ascom/SMS

bg azul