feed

SEMED

Secretaria Municipal de Educação

Rua General Hermes, 1199 - Cambona
CEP 57017-000 // Fone: (82) 3312-5600
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.

Educadores trocam experiências durante simpósio pedagógico

Prof. Dr. José Oliveira (Ufal) e Izabel Melo, diretora do Centro Municipal de Formação, durante palestra. Foto: Ascom Semed

Profissionais da educação participam até esta quinta-feira (5) do I Simpósio de Práticas Pedagógicas da Rede Municipal de Ensino de Maceió, iniciado terça-feira (3), no auditório da Uninassau do Farol. O evento tem como objetivo socializar práticas pedagógicas e pesquisas dos profissionais, docentes, coordenadores e formadores da rede. A programação é composta por palestras, debates e apresentações com agentes da educação e outras áreas.

Para Izabel Melo, diretora do Centro Municipal de Formação, o Simpósio valoriza o trabalho dos professores. “Reconhecemos a importância do professor pesquisador, motivando-o a registrar, apresentar e socializar suas experiências”, afirmou.

I Simpósio de Práticas Pedagógicas promove troca de experiências entre educadores. Foto: Ascom Semed

O I Simpósio de Práticas Pedagógicas tem uma ampla programação, construída de modo colaborativo com escolas e professores da rede municipal. Os profissionais tiveram acesso online à inscrição de pesquisas de stricto sensu. As escolas indicaram as próprias pesquisas para apresentação.

O público-alvo é composto por professores da rede e técnicos da Semed. São profissionais que já acompanham por todo o ano ações do Centro Municipal de Formação, sendo este Simpósio um evento que reúne o saldo positivo daqueles que absorveram conhecimento nas atividades.

Coordenadora do Cmei, Ladivane Lopes defende compartilhamento do conhecimento. Foto: Ascom Semed

Ladivane Lopes, coordenadora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Maria Liege Tavares de Albuquerque, no bairro do Jacitinho, está acompanhando o I Simpósio de Práticas Pedagógicas. “Estamos sempre nos atualizando, através das formações continuadas”, comentou Ladivane, referindo-se às ações do Centro Municipal de Formação.  “Estou absorvendo o que há de melhor, prestigiando o trabalho de colegas”, finalizou.

Com 130 alunos, a Cmei Maria Liege Tavares de Albuquerque deve se empenhar para apresentar experiências num próximo simpósio, segundo afirma a coordenadora. “Tenho certeza que sairei daqui motivada a levar às crianças toda essa bagagem de conhecimento e estratégias”, disse Ladivane Lopes.

Janderson Oliveria (estagiário) / Ascom Semed

bg azul