feed

SEMED

Secretaria Municipal de Educação

Rua General Hermes, 1199 - Cambona
CEP 57017-201 // Fone: (82) 3312-5608
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.

Procura por vaga na Escola Kátia Pimentel cresce após reforma

Reinaugurada há dois meses, a Escola Municipal Kátia Pimentel teve grande aumento da procura por matrícula. Foto: Ascom Semed

Depois de passar por uma reforma em que foram investidos cerca de R$ 2,5 milhões, a Escola Municipal Kátia Pimentel Assunção começou 2020 registrando um expressivo aumento da demanda por matrículas de alunos do 1º ao 9º ano e também da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai), que será retomada pela unidade em março próximo.

A reforma, bancada com recursos próprios pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), foi concluída e entregue à comunidade no início de novembro do ano passado, durante solenidade com a presença do prefeito Rui Palmeira.

Localizada no bairro do Jacintinho, a escola que atende hoje 530 alunos do 1º ao 9º ano, passou por uma ampla reforma e atenderá em 2020 cerca de 800 estudantes. Construída em 1988, a unidade de ensino nunca tinha passado por uma reforma, tendo recebido, apenas, pequenos reparos no decorrer de mais de 30 anos de existência.

No ano passado, como parte essencial da reforma, toda a estrutura e instalações elétricas e hidráulicas foram revitalizadas. As obras de reforma e ampliação resultaram na construção de laboratórios de Ciências e Informática, um novo refeitório, despensa, depósito e áreas de serviço. A cozinha passou por uma reforma geral e ganhou novos equipamentos. Todas as salas de aula foram reformadas e receberam pisos, esquadrias e pinturas novas.

Além disso, a escola passou a contar com auditório, sala de recursos e recreio coberto. O hall, todos os banheiros, a biblioteca, as salas da coordenação, dos professores, da diretoria e a secretaria também foram reformadas e reequipadas. Foram construídos um depósito de material de limpeza e as casas de lixo orgânico, de lixo inorgânico e de gás. Todas as dependências da escola contam agora com acessibilidade para receber alunos, servidores e pessoas da comunidade que tenham necessidades especiais.

Para a vice-diretora da escola, Leyd Janne, a reforma da unidade beneficiou toda a comunidade escolar. “Só trouxe benefícios para todos. Nossa escola não era reformada desde 1988. Nossos banheiros estavam caóticos, as salas, a cozinha e o laboratório de Informática não funcionavam e não tínhamos, sequer, um laboratório de Ciências”, declarou.

Já a merendeira Maria Nazaré da Silva ficou satisfeita com a reforma da cozinha, com a nova despensa e o novo refeitório. “A reforma melhorou mil por cento as condições de trabalho. A cozinha é espaçosa, está bem equipada. Eu já trabalhei em restaurante e estou achando o local aqui bom demais”, disse.

Importante recurso pedagógico, o laboratório de informática é muito requisitado pelos estudantes. Foto: Ascom Semed

Os alunos passaram a utilizar os espaços revitalizados com maior frequência. De acordo com os funcionários da escola, a biblioteca e o laboratório de Informática têm sido as maiores sensações para os estudantes. De acordo com a professora Mariza Tenório, responsável pela biblioteca, o espaço foi ampliado e ganhou mais estantes e mais livros. Com isso, está recebendo um número maior de estudantes, além de muitos elogios.

“Está ótimo, porque o espaço é maior e podemos contar com mais estantes. No espaço anterior, elas ficavam muito próximas umas das outras, era muito apertado e os alunos não podiam transitar entre elas. Está bem melhor agora, com a escola toda reformada”, observou.

Felipe Guimarães (estagiário)/ Ascom Semed

bg azul