feed

SEMED

Secretaria Municipal de Educação

Rua General Hermes, 1199 - Cambona
CEP 57017-201 // Fone: (82) 3312-5608
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.

Plantando nas Escolas: especialistas aprovam hortas orgânicas

Crianças matriculadas na Rede Municipal se empolgam com plantio de mudas na horta escolar. Foto: Ascom Semed

O setor de Educação Ambiental e Sustentabilidade (Seas) da Secretaria Municipal de Educação (Semed) vistoriou, nesta segunda-feira (20), dois Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) envolvidos no projeto Plantando nas Escolas. A ação promove o plantio de hortas orgânicas feitas pelos alunos e profissionais de instituições de ensino municipal, para a plena utilização de seus produtos na alimentação e ensino pedagógico.

Durante o acompanhamento, agrônomos e engenheiros agrícolas vistoriaram as hortas, a fim de verificar a qualidade do plantio e os sistemas de irrigação. No Cmei Lêda Collor, localizado no Tabuleiro dos Martins, as plantações de alface, couve, cenoura, couve-flor, tomate, beterraba e berinjela foram aprovadas pelos profissionais.

Para a coordenadora do projeto pela Semed, Salete Leite, ver o trabalho dos alunos dando frutos é considerada uma grande realização profissional, destacando a importância deste projeto para a educação infantil. “Isso é uma realização. O nosso maior objetivo é justamente ver a concretização do nosso trabalho e o envolvimento dos alunos. Aproximar a criança do meio ambiente, onde ela pode plantar e colher, é muito importante para o desenvolvimento dela e do adulto que ela será amanhã”, disse.

O engenheiro agrícola Paulo Rossiter aprovou o trabalho desenvolvido pelas escolas. Foto: Ascom Semed

O engenheiro agrícola Paulo Rossiter revelou estar satisfeito com o encaminhamento feito pelas escolas vistoriadas e destacou a importância desta prática na manutenção da boa alimentação dos beneficiados. “É uma satisfação ver um trabalho feito com carinho. Estamos contribuindo para melhorar a nutrição dos alunos, estamos levando um legado. Quando há a implementação das escolas, há também uma mudança de hábitos”, destacou.

A diretora do centro educacional, Doriane dos Santos, disse que o trabalho garante a satisfação das 217 crianças da unidade de ensino, que usufruem dos alimentos na hora do almoço. “A gente amou. De início, não sabíamos direito como isso funcionaria, mas fomos orientados em como colocar o projeto para frente e abraçamos a ideia. Esse projeto serve tanto para o desenvolvimento pedagógico dos alunos, como para a alimentação deles, porque eles consomem todo o plantio feito na escola”, relatou.

Mudas e sementes são plantadas, identificadas e cuidadas pelos alunos, que aprendem também sobre a importância de consumir os vegetais. Foto: Ascom Semed

O Cmei Professora Maria de Fátima Melo dos Santos, também no Tabuleiro, foi incluído na visita da equipe da Semed para acompanhar a pequena horta cultivada pelos alunos nos fundos da creche. Apesar do pouco espaço, o local vem dando grandes frutos para alimentação das crianças na hora do almoço. Na visão da diretora, Aurilene de Andrade, a educação dos estudantes contemplados pelo projeto precisa ir além dos livros didáticos.

Por isso, para a gestora, a oportunidade gerada pelo Plantando Nas Escolas é reconhecida como importante instrumento pedagógico. “Não basta apenas falar, através dos livros. Precisamos de uma proposta como essa, para as crianças aprenderem com experiências de contato direto, de como cuidar do plantio, da natureza. O objetivo é desenvolver o conhecimento ecológico nas crianças a partir do contato com a natureza”, afirmou. A aprovação entre os alunos foi tão grande que, segundo Aurilene, em 2020, as ações do projeto continuarão após a volta às aulas, em fevereiro. Desta vez, o objetivo será preparar o solo para a futura implementação de novos plantios.

Felipe Guimarães (estagiário)/ Ascom Semed

bg azul