feed

SMS

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Dias Cabral, 569 - Centro
CEP 57020-250 // Fone: 82 3312-5400
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.

Secretário destaca atuação do Município para casos suspeitos de Coronavírus

Workshop Coronavírus. Foto: Átila Viieira|Secom Maceió

Thomaz Nonô participou de um workshop realizado pelo Cremal nesta sexta

Com o objetivo de continuar capacitando os profissionais para atendimento e diagnóstico dos casos suspeitos de Coronavírus (Covid-19), o secretário municipal de Saúde José, Thomaz Nonô, convidou profissionais do Município para participarem de um workshop realizado pelo Conselho Regional de Medicina de Alagoas (Cremal). O evento foi voltado para médicos e estudantes de medicina, na noite dessa sexta-feira (28), no bairro do Pinheiro.

O evento contou com a participação de quatro profissionais facilitadores, que explicaram o surgimento, formas de contágio, cuidados necessários e outros aspectos da doença.

Workshop Coronavírus. Foto: Átila Viieira|Secom Maceió

Com casos em mais de 50 países, a doença já tem um caso confirmado no Brasil. Até agora o país conta com 182 casos suspeitos, sendo um deles em Maceió. Durante o evento, Thomaz Nonô conta que a SMS está atenta aos possíveis casos suspeitos e realizando a avaliação dos contatos, seguindo os procedimentos determinados pelo Ministério da Saúde.

“O diálogo está acontecendo com o Ministério e a Sesau, e nós estaremos monitorando os casos que podem surgir e, assim, tomar as medidas necessárias. Mas é importante que a população não se desespere, pois não há motivos para isso”, disse.

De acordo com Fernanda Rodrigues, diretora de Vigilância em Saúde, a SMS está em constante comunicação com a Secretaria de Saúde do Estado, que oficialmente envia os dados para consolidação no Ministério da Saúde. “A Sesau fica responsável por realizar a primeira comunicação com o paciente verificando se o caso se enquadra na definição de caso suspeito para COVID-19, devendo então comunicar a SMS para realização do monitoramento de contatos e também ao MS, para consolidação e validação dos dados”, explica.

O monitoramento de contatos com casos suspeitos residentes de Maceió será realizado pela Vigilância em Saúde do Município, que orientará os usuários a procurar os serviços de saúde no caso de aparecimento de sintomas, bem como reforçar os cuidados pessoais para evitar a propagação do vírus.

Em casos leves os pacientes deverão ser atendidos nas Unidades Básicas de Saúde, UPAs ou hospitais da rede privada. Já os casos graves deverão ser encaminhados à unidade de referência, que é o Hospital Hélvio Auto.

Graziela França/ Ascom SMS

bg azul