Página Inicial

Ações no bairro Pinheiro

Cronologia

A Prefeitura de Maceió, por meio da Defesa Civil, está monitorando e acompanhando de perto a situação do bairro Pinheiro desde as primeiras fissuras que atingiram imóveis e vias públicas. Nesta página, você confere a cronologia das ações e das medidas da gestão municipal:

Fevereiro de 2018

15 de fevereiro de 2018 – A Defesa Civil de Maceió é acionada para averiguar uma fissura de aproximadamente 280 metros de extensão em via do bairro Pinheiro. Após constatação, técnicos do órgão reúnem evidências e iniciam uma linha de conversas com geólogos e engenheiros geotécnicos para avaliar o caso; neste período, foi necessário recomendar a evacuação de um imóvel.

– A partir do registro da fissura, a Defesa Civil viabiliza, em parceria com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), um levantamento para avaliar a situação no bairro. O engenheiro civil Abel Galindo Marques coordena os estudos e, conforme avaliação, recomenda a recuperação da via e a realização de estudos mais aprofundados.

– No dia 20 de fevereiro de 2018, seguindo a recomendação do engenheiro, a Seminfra iniciou a recuperação dos locais danificados pela abertura das fissuras.

Março de 2018

– No dia 03 de março de 2018, às 14h30, a Defesa Civil de Maceió é acionada após o relato de tremor que atingiu o bairro Pinheiro e outras regiões de Maceió. Após averiguar o cenário, o órgão reúne evidências e aciona o Governo Federal, por meio do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e do Serviço Geológico do Brasil.

– Em 05 de março de 2018, a Defesa Civil de Maceió emite o Relatório Preliminar de Dados evidenciando os danos às vias públicas e imóveis, alinhamento da fissura registrada no 15 de fevereiro e suas amplificações após o tremor.

– No dia 12 de março de 2018, após solicitação da Secretaria Adjunta Especial de Defesa Civil Municipal, o Serviço Geológico do Brasil encaminha dois técnicos a Maceió. Os técnicos realizam avaliação preliminar e solicitam a utilização de equipamentos geotécnicos.

– No dia 13 de março de 2018, a Defesa Civil de Maceió recomenda a evacuação de 24 apartamentos dos blocos 7A e 7B do Conjunto Divaldo Suruagy, devido aos danos em suas estruturas.

– No 19 de março de 2018, a Defesa Civil de Maceió emite relatório com a identificação das fissuras ao longo do bairro do Pinheiro.

– A partir da avaliação preliminar realizada em Maceió, o Serviço Geológico do Brasil emite relatório da visita técnica apontando a necessidade da utilização de equipamentos, que seriam disponibilizados pela Universidade de Brasília (UNB).

Abril de 2018

– Seguindo a orientação do Serviço Geológico do Brasil, a Defesa Civil de Maceió aguarda a chegada de técnicos e equipamentos da UnB. No entanto, no dia 03 de abril, a instituição encaminha ofício à Prefeitura informado a desistência em firmar acordo de cooperação técnica para a realização do estudo.

– Após desistência da UnB, a Defesa Civil de Maceió aciona o Departamento de Geologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), na pessoa do Professor Dr. Francisco Pinheiro Lima Filho, que se coloca à disposição para fazer os estudos preliminares com seu corpo técnico por possuir os preditos equipamentos para elucidar a ocorrência, apontando possíveis intervenções e direcionar as ações do órgão municipal.

– No dia 19 de abril de 2018, professores da UFRN chegam a Maceió com o equipamento sugerido pelos técnicos do Serviço Geológico do Brasil.

– No dia 20 de abril de 2018, professores da UFRN se reúnem na sede da Prefeitura de Maceió com representantes da União, do Estado e do Município. Durante o encontro, o pesquisador Francisco Pinheiro Lima Filho, da UFRN, sugere hipóteses e linhas de trabalhos no qual devem proceder os estudos para elucidação dos fatos no bairro do Pinheiro. No mesmo dia, os pesquisadores realizam o estudo com o georradar GPR, um equipamento para investigação geofísica de subsuperfície para obter informações sobre o solo.

– No dia 23 de abril de 2018, técnicos da UFRN voltam a Maceió e instalam sismógrafo na sede da Defesa Civil Estadual.

Maio de 2018

– No dia 08 de maio de 2018, técnicos da UFRN emitem relatório preliminar, após levantamentos por meio do equipamento GPR. No documento, recomenda-se em caráter de urgência uma audiência com os diretores do Serviço Geológico do Brasil e da Agência Nacional de Mineração.

– Em 18 de maio de 2018, uma comitiva da Prefeitura de Maceió se reúne em Brasília com os presidentes do Serviço Geológico do Brasil e da Agência Nacional de Mineração. Durante o encontro, devido à urgência da situação, fica agendada uma nova reunião para a semana seguinte, desta vez com técnicos do Serviço Geológico do Brasil lotados em diversas localidades do Brasil e outros especialistas da área para o entendimento da situação e traçar diretrizes e procedimentos de ação.

– No 23 de maio de 2018, em Brasília, acontece a reunião com os técnicos acima citados e fica definida a vinda de técnicos do Serviço Geológico do Brasil a Maceió.

Junho de 2018

– Entre os dias 03 e 06 junho de 2018, técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável (Semds) – da qual a Defesa Civil de Maceió faz parte – viajam ao Rio Grande do Norte para, junto aos pesquisadores da UFRN, elaborar o projeto de Investigação Geológica e Geofísica para Diagnóstico das Fissuras (IGDF) do Pinheiro e o plano de trabalho do citado projeto.

– No dia 07 de junho de 2018, é realiza a apresentação dos planos de trabalho e atuação da Defesa Civil de Maceió/ Semds e do Serviço Geológico do Brasil, contando com a discussão dos métodos técnicos de procedimento de investigação para ações no bairro. Durante a reunião, o geólogo do Cenad, Marcos Vinícius Borges, sugeriu a elaboração de um Plano de Contingência e de um projeto para solicitar recursos financeiros à União, o que já estava em andamento.

– No dia 11 de junho de 2018, técnicos da Defesa Civil de Maceió, da UFRN e do Serviço Geológico do Brasil realizam videoconferência e discutem a necessidade da elaboração de um mapeamento geológico para embasar os estudos subsequentes. Sendo assim, após a reunião por videoconferência, foi solicitada por meio de ofício a presenta de técnicos do Serviço Geológico do Brasil em Maceió para a execução deste mapeamento.

– No dia 15 de junho de 2018, o Serviço Geológico do Brasil encaminhada resposta ao ofício referente à execução do mapeamento geológico, confirmando a vinda de técnicos a Maceió.

– No dia 16 de junho de 2018, a Defesa Civil de Maceió é acionada após a evolução no recalque de um prédio com doze apartamentos, dentre os quais 07 estavam ocupados. Após avaliação de engenheiros civis, a Defesa Civil recomendou a evacuação dos imóveis.

– Técnicos do Serviço Geológico do Brasil voltam a Maceió para, entre os dias 18 e 27 de junho de 2018, a elaboração do mapeamento geológico de superfície.

– Com o apoio do Cenad, por meio da participação do geólogo Marcos Vinícius Borges, técnicos da Defesa Civil de Maceió iniciam no dia 25 de junho de 2018 a elaboração do Plano de Contingência.

Julho de 2018

– No dia 27 de julho de 2018, após a vinda de técnicos a Maceió, o Serviço Geológico do Brasil emite o Levantamento das Feições de Instabilidade do Terreno do Bairro do Pinheiro.

Agosto de 2018

– No dia 13 de agosto de 2018, a Defesa Civil de Maceió inicia reuniões periódicas com grupos de moradores do bairro Pinheiro para facilitar a comunicação com a população afetada.

– No dia 30 de agosto de 2018, é iniciado, por dois doutores geofísicos do Serviço Geológico do Brasil, análise geológica com a utilização do equipamento em ruas do bairro. Além do GPR, o Serviço Geológico do Brasil encaminhou técnicos em hidrologia e de outras áreas para estudos e reuniões.

Setembro de 2018

– No dia 15 de setembro de 2018, doutores geofísicos do Serviço Geológico do Brasil concluem a análise geológica.

– Entre os dias 24 e 28 de setembro de 2018, uma equipe do Serviço Geológico do Brasil volta a Maceió para complementar o levantamento de feições, porém, desta vez, com a participação de dois geólogos e dois geógrafos, que vieram estudar as possibilidades de amplificação da instabilidade do terreno e ter uma área mais abrangente mapeada. Além do Pinheiro, foram analisadas diversas ruas no bairro de bebedouro e também na região do CEPA.

– No dia 24 de setembro de 2018, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), com o suporte da equipe da Defesa Civil de Maceió, inicia o Estudo de Vulnerabilidade Social nas áreas de influência do bairro do Pinheiro,

– Conforme recomendação do Serviço Geológico do Brasil, a Defesa Civil intensifica o monitoramento da evolução das fissuras. No mês de setembro, o órgão realiza a instalação de réguas nos imóveis para este acompanhamento.

Outubro de 2018

– No dia 15 de outubro de 2018, o Serviço Geológico do Brasil encaminha ofício à Prefeitura de Maceió com orientações e recomendações referentes às próximas etapas dos estudos no Pinheiro

Novembro de 2018

– No dia 29 de novembro de 2018, o prefeito Rui Palmeira, acompanhado dos secretários Dinário Lemos (Defesa Civil), José Lages (Governança) e Mac Lira (Desenvolvimento Territorial), viajam a Brasília para buscar mais apoio da União para o bairro do Pinheiro. No Ministério da Integração Nacional, reunidos com representantes de órgãos federais, os gestores da Prefeitura de Maceió solicitam recursos e a continuidade dos estudos para identificar as causas das rachaduras que afetam imóveis e vias públicas na região.

Dezembro de 2018

– No dia 05 de dezembro de 2018, a Prefeitura de Maceió publica no Diário Oficial do Município a situação de emergência do bairro Pinheiro.

– No dia 17 de dezembro de 2018, o prefeito Rui Palmeira, representantes da Defesa Civil de Maceió e técnicos do Serviço Geológico do Brasil recebem moradores do bairro Pinheiro, na sede da Prefeitura.

– No dia 21 de dezembro de 2018, a Defesa Civil de Maceió reúne os moradores do Pinheiro que integram o Núcleo de Defesa Civil Comunitária (Nudec) para informar as próximas etapas dos estudos.

– No dia 27 de dezembro de 2018, para facilitar o acesso da população aos dados sobre os estudos no bairro Pinheiro, o Serviço Geológico do Brasil disponibiliza uma aba em sua página oficial na internet que concentra informações, documentos e cronogramas de trabalho da equipe técnica em Maceió.

– No dia 28 de dezembro de 2018, após publicação no Diário Oficial do Município, o Governo Federal reconhece a situação de emergência no bairro do Pinheiro em publicação no Diário Oficial da União.

Janeiro de 2019

– No dia 03 de janeiro de 2019, com o reconhecimento do Governo Federal à situação de emergência, a Defesa Civil inicia os trâmites para a continuidade dos trabalhos no Pinheiro. Uma das primeiras medidas é a inclusão das famílias que deixaram seus imóveis no benefício previsto pela ajuda humanitária. Para mobilizar a comunidade para um cadastro, a Defesa Civil de Maceió reuniu os integrantes do Nudec Pinheiro.

– No dia 08 de janeiro de 2019, a equipe da Defesa Civil de Maceió inicia o cadastro dos moradores no bairro Pinheiro.

– No dia 14 de janeiro de 2019 foi iniciada nova etapa do estudo feito pelo Serviço Geológico do Brasil, que seguiu com o levantamento no Complexo Lagunar e iniciou o estudo de eletrorresistividade, etapa cujas informações devem colaborar para o esclarecimento do fenômeno.

– No dia 18 de janeiro de 2019 foi apresentado o Plano de Contingência, instrumento legal determinado pelo Governo Federal para qualquer situação de risco à população e uma das ações articuladas pela Prefeitura de Maceió dentro do trabalho para identificar as causas do surgimento de fissuras no bairro Pinheiro. O Plano conta com contribuições de órgãos federais, estaduais e municipais.

– No dia 21 de janeiro de 2019, os pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil começaram a trabalhar com mais uma metodologia de investigação do subsolo no Pinheiro. Com sondagens à percussão, eles buscam identificar as características das camadas de solo e sedimentos que compõem o terreno em profundidade. Além disso, a CPRM disponibilizou para consulta pública o mapa de feições de instabilidade do bairro Pinheiro, onde se pode identificar as regiões com maior incidência de rachaduras. Agora, é possível localizar as áreas por meio do nome de ruas e avenidas aqui.

– No dia 23 de janeiro de 2019, o prefeito Rui Palmeira assinou o repasse da ajuda humanitária de R$ 480 mil destinada a 80 famílias do bairro do Pinheiro que receberam a recomendação para deixar seus imóveis. Inicialmente, cada família vai receber mensalmente R$ 1 mil no período de seis meses.

– No dia 25 de janeiro de 2019, o prefeito Rui Palmeira se reuniu com o chefe do Ministério Público Estadual (MPE), o procurador-geral de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça, para apresentar detalhes sobre ações que o Município tem desenvolvido em assistência aos moradores do bairro do Pinheiro. Os secretários de Defesa Civil de Maceió, Dinário Lemos, de Governo, Tácio Melo, e a procuradora Raquel Teixeira, do Ministério Público Federal (MPF), também participaram da reunião.

Dia 28 de janeiro de 2019 –  O prefeito Rui Palmeira determinou, por meio do decreto nº8.685, no Diário Oficial do Município, a suspensão do envio dos carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2019 e das taxas de serviços urbanos para os imóveis do bairro do Pinheiro. Foram beneficiados os proprietários de imoveis localizados nas áreas vermelha, laranja e amarela.

– O Governo Federal autorizou o repasse financeiro para a ajuda humanitária para mais 413 famílias do Pinheiro, que tiveram recomendação para deixar seus imóveis em decorrência do agravamento das fissuras identificadas na região.

– O prefeito Rui Palmeira se reuniu, em Brasília, com o ministro de Minas e Energia, Bento Costa, e com o secretário nacional de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, Alexandre Vidigal. O encontro teve o objetivo de buscar mais apoio do Governo Federal para o bairro do Pinheiro.

– Devido às fortes chuvas que atingiram a capital alagoana, os agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) interditaram quatro ruas localizadas no bairro do Pinheiro. Os bloqueios serão por tempo indeterminado e ocorrem após recomendação dos técnicos da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) e das equipes da Defesa Civil Municipal e Estadual.

– No dia 30 de janeiro de 2019, a Prefeitura de Maceió divulgou que o auxílio-moradia será pago nesta quinta-feira (31) a 80 famílias do Pinheiro. O pagamento da primeira parcela do benefício foi pago para as famílias que deixaram suas moradias e fizeram o cadastro na Defesa Civil Municipal.

Prefeitura informa que a coleta de resíduos no bairro Pinheiro permanecerá regular, de segunda-feira a sábado no período noturno. De acordo com a Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió (Slum), houve alteração na logística de coleta nas ruas que foram interditadas preventivamente por tempo indeterminado, no entanto o recolhimento permanecerá normalmente.

No dia 31 de janeiro de 2019, a Defesa Civil Municipal e o Serviço Geológico do Brasil (CPRM)  divulgaram material informativo explicando a diferença entre o  Mapa de Feições e o Mapa de Risco do bairro do Pinheiro.

Fevereiro de 2019

Dia 04 de fevereiro de 2019o prefeito Rui Palmeira recebeu a imprensa para atualização das informações sobre o trabalho que é realizado no bairro Pinheiro. Durante a coletiva, o prefeito esclareceu dúvidas, destacou as ações mais recentes do Município e falou da viagem a Brasília, onde voltou a tratar da ação emergencial no bairro.

– Os técnicos da Defesa Civil de Maceió seguem com trabalhos no bairro do Pinheiro para avaliar imóveis com danos em decorrência do surgimento de fissuras, além do cadastro de famílias para o recebimento do auxílio-moradia, por meio de recursos provenientes do Governo Federal. Foram emitidas 317 recomendações de evacuação preventiva de imóveis, sendo 42 casas e 275 apartamentos.

– Os pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) entraram na quinta semana de trabalhos na investigação do subsolo no bairro Pinheiro.  Os técnicos estiveram na região e foram finalizadas as primeiras etapas de batimetria, eletrorresistividade,  sondagem geotécnica e instalação das seis estações da Rede Sismográfica Brasileira.

Em 08/02/2019 Pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) iniciaram uma nova e importante etapa de trabalho para investigação do subsolo no bairro Pinheiro. Para explicar os novos métodos, uma coletiva de imprensa com o coordenador das ações, o geólogo Thales Sampaio, e a Defesa Civil de Maceió foi realizada, na sexta-feira (08), na sede da Prefeitura, em Jaraguá. Leia mais sobre os estudos.

No dia 09/02/2019 O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) esclareceu que está atualizando o mapa de feições, a partir de novas evidências observadas na superfície do bairro do Pinheiro, especialmente após as fortes chuvas registradas na madrugada do último dia 28 de janeiro, quando surgiram novas fissuras na região. Leia mais.

Em 10/02/2019 A Defesa Civil de Maceió informou que segue com o cadastro de famílias no bairro Pinheiro para a inclusão na ajuda humanitária cedida pelo Governo Federal, que tem liberado o pagamento de auxílio-moradia aos que tiveram imóveis com danos em decorrência do surgimento de fissuras. Após o repasse dos recursos para as 80 primeiras famílias, realizado na semana passada, a Defesa Civil aguarda a liberação de dois novos lotes, que contemplam 240 proprietários cadastrados. Confira.

Em 11/02/2019 Técnicos da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) iniciaram o Levantamento Populacional no bairro do Pinheiro para identificar as famílias em condições de vulnerabilidade nas áreas amarela, laranja e vermelha do mapa de feições do bairro. O levantamento servirá como base para que os órgãos municipais, estaduais e federais envolvidos no Plano de Contingência saibam onde é necessário priorizar o auxílio à população no caso de uma possível evacuação do bairro. Mais de duas mil famílias serão visitadas durante este mês de fevereiro e início de março. Leia mais.

Em 12/02/2019 Técnicos da Defesa Civil de Maceió estiveram reunidos com integrantes do Núcleo Comunitário de Defesa Civil (Nudec) do bairro Pinheiro. A pauta do encontro foi o Plano de Contingência, incluindo o simulado que acontece no próximo sábado (16), a partir das 15 horas, reunindo cerca de 600 profissionais dos órgãos públicos envolvidos na elaboração do documento. Leia mais aqui.

Em 12/02/2019 Representantes da Defesa Civil de Maceió e do Gabinete de Governança (GGOV) participaram de uma reunião com a direção da Cruz Vermelha Brasileira. Um termo de cooperação será assinado com a entidade, que vai participar do Plano de Contingência elaborado para o bairro do Pinheiro. Reconhecida mundialmente por sua atuação, a Cruz Vermelha vai auxiliar a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) no Levantamento Populacional. Leia mais aqui.

Em 13/02/2019 A Secretaria Municipal de Educação de Maceió (Semed) reuniu servidores administrativos e diretores das escolas situadas na região administrativa III, que compreende o bairro do Pinheiro. A reunião teve o objetivo de explicar o Plano de Contingência e orientá-los sobre a participação de voluntários da Educação no simulado de evacuação do bairro, que acontece no próximo sábado (16). Leia mais aqui.

Em 13/02/2019 Na preparação para o simulado de evacuação do bairro do Pinheiro, que ocorre no sábado (16), órgãos municipais estiveram nos quatro pontos de apoio que serão utilizados durante a ação.  As visitas foram realizadas na Praça do Sanatório, no estacionamento da Casa Vieira, na rua da Importadora e no ginásio do Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa). Leia mais aqui.

Em 14/02/2019 O prefeito Rui Palmeira se reuniu com representantes do movimento SOS Pinheiro, em encontro mediado pelo presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), desembargador Tutmés Airan.  O encontro, que aconteceu na sede do TJ/AL, teve como objetivo atualizar as informações sobre as ações no bairro, além de tirar dúvidas e ouvir propostas da população.

Em 14/02/2019 A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) instalou um ponto de informações na Igreja Menino Jesus de Praga, na Rua Mário Marroquim, Pinheiro. A iniciativa é para agilizar os atendimentos de identificação das famílias em condições de vulnerabilidade nas áreas amarela, laranja e vermelha do mapa de feições. A etapa faz parte do Levantamento Populacional. Leia mais aqui.

Em 14/02/2019 A Prefeitura de Maceió divulgou o planejamento para o simulado de evacuação do bairro do Pinheiro, que será realizado no próximo sábado (16), a partir das 15 horas. Os trabalhos têm caráter preventivo e vão se concentrar nos quatro pontos de apoio definidos pelo plano de ação: terminal rodoviário do Sanatório, estacionamento da Casa Vieira, na rua ao lado da Importadora Veículos e no primeiro ginásio de esportes do Cepa. As quatro áreas vão receber equipes das secretarias municipais de Saúde (SMS), Educação (Semed) e Assistência Social (Semas), que oferecerão apoio aos moradores. A coordenação geral ficará a cargo da Defesa Civil de Maceió. Leia mais aqui.

Em 16/02/2019 Órgãos da Prefeitura de Maceió, do Governo do Estado e da União realizaram o simulado de evacuação do bairro Pinheiro, ação estratégica e preventiva que é uma das etapas previstas na elaboração do Plano de Contingência de Defesa Civil e Proteção (Placon). Mais de 700 pessoas trabalharam durante o treinamento. Leia mais.

Em 18/02/2019 A Defesa Civil de Maceió e demais órgãos estaduais e federais envolvidos nas ações do bairro do Pinheiro têm atuado conjuntamente em apoio ao Serviço Geológico do Brasil nos estudos que buscam identificar as causas do surgimento de fissuras em vias públicas e imóveis. Em meio a este trabalho, informações falsas divulgadas por meio de redes sociais têm causando pânico nos moradores, a exemplo de áudios que circulam no Whatsapp desde o final de semana.

Em 19/02/2019 A Defesa Civil de Maceió encaminhou ao Governo Federal, o quarto lote de cadastros para a concessão de auxílio-moradia às famílias do bairro do Pinheiro que receberam a recomendação de evacuação preventiva em decorrência das fissuras que atingem imóveis e vias públicas da região.

No dia 21/02/2019 Foi disponibilizada a primeira parcela do auxílio-moradia aos moradores do bairro Pinheiro para o segundo lote de moradores cadastrados. O benefício é proveniente do Governo Federal e destinado aos proprietários que tiveram de deixar seus imóveis após recomendação preventiva emitida pela Defesa Civil de Maceió em decorrência do surgimento de fissuras em imóveis. Os valores estão liberados para os cadastrados contemplados no segundo lote, que devem comparecer a uma agência do Banco do Brasil e apresentar documentação pessoal para realizar o saque. Saiba mais.

No dia 22/02/2019 A Eletrobras Distribuição Alagoas e o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) informou que a partir do domingo (24), a Distribuidora realizará desligamentos na rede elétrica que passa pelo bairro do Pinheiro, em Maceió, diariamente até o dia 10 de março. Os desligamentos foram solicitados pelo Serviço Geológico do Brasil com o objetivo de diminuir a interferência nos dados dos estudos que estão sendo realizados com o Método Geofísico Áudio Magnetotelúrico (AMT). Saiba mais.

Em 26/02/2019 A Eletrobras deu continuidade ao cronograma de desligamentos na rede elétrica no bairro do Pinheiro e localidades adjacentes. O fornecimento será interrompido, nesta terça-feira (26), em ruas do Pinheiro e do Farol por duas a cinco horas, no período das 6h às 16h. A ação, até o dia 10 de março, foi solicitada pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) para diminuir a interferência nos dados dos estudos que estão sendo realizados com o método geofísico Áudio Magnetotelúrico (AMT). Confira os locais aqui.

Em 27/02/2019, os trabalhos de Levantamento Populacional, realizados pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), avançam no bairro do Pinheiro. Até sexta-feira (1º/03), os profissionais realizarão visitas em 15 ruas para identificar as condições de vulnerabilidade das famílias e pessoas que trabalham na região. Saiba mais aqui.

Em 27/02/2019, o secretário municipal de Economia, Fellipe Mamede, recebeu representantes da classe empresarial da região do bairro do Pinheiro para ouvir seus pleitos e esclarecer dúvidas sobre o projeto de lei que deve ser encaminhado à Câmara Municipal de Vereadores, tratando das questões tributárias para os contribuintes, pessoas físicas e jurídicas, daquela região. Confira aqui como foi.

Em 28/02/2019, a Eletrobras Distribuição Alagoas continua com os desligamentos na rede elétrica que passa pelo bairro do Pinheiro, em Maceió. A ação continua e será feita diariamente até o dia 10 de março. Os desligamentos foram solicitados pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), com o objetivo de diminuir a interferência nos dados dos estudos que estão sendo realizados com o método geofísico Áudio Magnetotelúrico (AMT). Aqui você encontra o cronograma da Eletrobras.

No dia 02/03/2019, a partir das 8 horas, foi iniciado um estudo de sísmica no bairro do Pinheiro e em ruas de bairros próximos, que se estenderá até o dia 12 de março. A análise é uma exigência da Agência Nacional de Mineração (ANM) à Braskem, e será realizada pela empresa americana Panamerican Geophysical, especializada em pesquisas geofísicas e reconhecida internacionalmente. Trata-se de um processo necessário e importante para complementar os estudos que visam apontar as causas dos eventos na região. Saiba mais sobre o estudo.

Em 04/03/2019, foi noticiado que os moradores do bairro do Pinheiro inseridos no terceiro lote do auxílio-moradia poderão sacar o dinheiro da primeira parcela a partir da próxima quarta-feira (6). Para isso, eles precisam ir à agência do Banco do Brasil localizada à Rua do Livramento, no Centro de Maceió, portando os documentos pessoais. Cento e vinte e uma pessoas foram beneficiadas nesse lote. Saiba mais aqui.

Em 05/03/2019, continuam os trabalhos de assistência psicossocial aos moradores do Pinheiro.Um trabalho paciente, realizado casa a casa, algumas vezes em áreas distantes umas das outras. Desde o início do ano, psicólogos, assistentes sociais e técnicos da Prefeitura de Maceió percorrem as ruas do Pinheiro realizando atendimento a moradores que aguardam, com expectativa, os resultados dos estudos que nortearão as decisões sobre o destino do bairro. Confira.

Em 06/03/2019, equipes de pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) e de empresa de geofísica mantiveram o trabalho no Pinheiro durante o Carnaval. A análise do subsolo pelos métodos audiomagnetotelúrico (AMT) e mapeamento das estruturas geológicas já alcançou 43% das áreas a serem avaliadas – o que equivale a 45 pontos em todo bairro –, e continua até o dia 10 de março, data prevista para conclusão dos levantamentos. Saiba mais aqui.

Em 07/03/2019, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) retoma os trabalhos de levantamento populacional no bairro do Pinheiro. Até sexta-feira (8) mais oito ruas serão visitadas para identificar as condições de vulnerabilidade das famílias e pessoas que trabalham na região. Confira.

Em 19/03/2019, a Prefeitura de Maceió empossou 23 novos membros dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs).  Todos serão representantes do Pinheiro e estarão em constante contato com os órgãos municipais sobre a situação do bairro. Mais informações.

Acompanhe o trabalho do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) no Pinheiro aqui.

bg azul