Página Inicial

Ações e Projetos – Fmac 2013

GIRO DOS FOLGUEDOS

O projeto GIRO DOS FOLGUEDOS tem como principal objetivo divulgar e incentivar a cultura popular de Maceió. A ação consiste em promover exibições de folguedos e outros grupos típicos da cultura popular maceioense e alagoana em mini palcos dispostos ao longo de uma rua, praça ou calçadão. 

OFICINA PARA COMUNIDADES AFRODESCENDENTES

A Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), com apoio da Fundação Nacional de Artes (Funarte), realizou uma oficina no auditório da Casa da Indústria, localizada no Farol, para apresentação de cinco editais com inscrições voltadas para a comunidade afrodescendente.

XANGÔ REZADO ALTO

A segunda edição do projeto XANGÔ REZADO ALTO reuniu representantes de comunidades tradicionais e grupos de matriz africana em um grande cortejo que percorreu as ruas do Centro de Maceió e culminou numa série de apresentações culturais, na Praça Floriano Peixoto, em 1º de fevereiro. A ação acontece em memória do episódio histórico que ficou conhecido como ‘O Quebra dos Terreiros’, ocorrido em Maceió no ano de 1922. Em 2013, a Fundação Municipal de Ação Cultural apoiou a realização do evento que tem como idealizadora a Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL).

POSTO 7 CULTURAL

O projeto POSTO 7 CULTURAL reúne o público jovem em torno de atividades culturais como a exibição de documentários, entrevistas e clipes, discussões coletivas sobre os temas diversos e uma área de exposição e comércio de produtos artísticos culturais criados por jovens. A ação teve como objetivo disseminar novas linguagens artísticas e fomentar a diversidade cultural entre os jovens. Em 2013 foi realizada uma edição do projeto nos meses de fevereiro e março, no Posto 7, Jatiúca.

OBSERVATÓRIO DE EDITAIS

O projeto OBSERVATÓRIO DE EDITAIS foi desenvolvido para oferecer, de forma mais eficaz e rápida, informações sobre a disponibilidade de recursos financeiros para a Cultura tanto no âmbito público quanto por meio da iniciativa privada. Consiste em um mailing permanentemente atualizado que divulga todos os concursos, prêmios e editais publicados, em tempo hábil para inscrição. O projeto foi iniciado em 2013 e não tem prazo para conclusão.

COLETÂNEA DE CORDÉIS

Lançamento do livro ‘Versos pra uma semana’ do cordelista alagoano Jorge Calheiros, teve sua noite de autógrafos no dia 15 de março, às 19h, no Museu de Imagem e do Som (MISA). Contando com o apoio da Fundação Municipal de Ação Cultural, parte das publicações foram distribuídas em bibliotecas públicas do município.

FESTIVAL DE BUMBA MEU BOI

O FESTIVAL DE BUMBA MEU BOI já é tradição em Maceió. Durante o evento, os grupos de bumba meu boi da cidade se enfrentam numa arena festiva para disputar o título de campeão do grupo especial e do grupo de acesso. A ação incentiva e colabora para a manutenção dessa que é uma das maiores tradições populares de Maceió e ajuda a fortalecer a identidade e a autoestima não somente dos brincantes, mas de toda a comunidade que assiste, colabora e torce. Em 2013, foi realizada a 21ª edição do Festival, em abril, na Praça Multieventos, Pajuçara. A ação foi uma parceria da Prefeitura com a Liga dos Grupos de Bumba Meu Boi de Maceió

POSSE DE CONSELHO DE POLÍTICAS CULTURAIS

A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) se apresentou na solenidade de posse do Conselho Municipal de Políticas Culturais, que substituiu o antigo Conselho Municipal de Cultura. A solenidade aconteceu no dia 18 de abril, às 16h, na Praça Marcílio Dias, Jaraguá.

PALESTRA PARA ARTESÃOS DO FILÉ

O fabricante das linhas Cléa e Anne, promoveu em dois de abril, uma palestra para artesãos que trabalham com a renda Filé em Maceió. O encontro foi gratuito e aconteceu das 9h à 11h30, no auditório da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), na Avenida da Paz, em Jaraguá. A apresentação foi feita pelo gerente da Círculo, Cléber Rosa, que mostrou para os artesãos todo o processo de produção e preservação das linhas, a matéria-prima do Filé.

OFICINAS PARA EDITAIS DE SÃO JOÃO

Foram realizadas nos dias 24 e 25 de abril, as oficinas de capacitação para os interessados em concorrer em algum dos três editais para os festejos juninos de 2013 em Maceió. As oficinas, que orientaram a comunidade cultural sobre o preenchimento correto dos formulários e esclareceu dúvidas, foram ministradas no auditório da Procuradoria Geral do Município (PGM), que fica na Rua Pedro Monteiro, no Centro da Cidade.

FORMIGUEIRO CULTURAL

O projeto FORMIGUEIRO CULTURAL acontece em localidades onde a população jovem mais sofre com a vulnerabilidade social. A ação estimula a mudança desse quadro social a partir do envolvimento de jovens em atividades culturais diversas como, shows, exibição de clipes e filmes, documentários, curtas, dança e uma Feira de Artes, Cultura e Lazer, onde são comercializados roupas, discos, revistas, bolsas, antiguidades, e outros tipos de produtos independentes. Em 2013, foi realizada uma edição do projeto nos meses de abril e maio, na Praça Padre Cícero, Benedito Bentes.

CONCERTO PARA AS MÃES

O projeto CONCERTO PARA AS MÃES é a homenagem da Prefeitura de Maceió para todas as mães da cidade. A ação consiste na apresentação do Grupo Ero Dictus e do Coral Coretfal, que encantam o público com uma verdadeira declaração de amor em forma de música, canto e poesia. Em 2013, foi realizada uma edição do projeto, em maio, na Praça de Multieventos, Pajuçara.

PRÊMIO GUILHERME ROGATO

O prêmio GUILHERME ROGATO é o primeiro edital de incentivo à produção audiovisual já disponibilizado pela Prefeitura de Maceió. Em sua primeira edição, o edital disponibilizou R$ 150 mil para realização de cinco filmes de curta-metragem, em categorias diversas, por realizadores maceioenses. O objetivo da ação é fomentar a atividade e a cadeia produtiva do audiovisual na cidade. Em maio de 2013, foi lançado o primeiro edital do prêmio.

SÃO JOÃO – De Jacinto a Tororó, São João é em Maceió

O projeto “DE JACINTO A TORORÓ, SÃO JOÃO É EM MACEIÓ” reuniu mais de cem artistas locais e diversas atrações de renome nacional para comemorar a efeméride mais popular do Nordeste. A ação contou com programação espalhada por toda cidade: Arraial Central, no bairro Jaraguá; Forrock, no Posto 7, na Praia de Jatiúca; Forró nos Mercados; e Arraial dos Bairros, em diversos bairros de Maceió. As atividades do projeto foram desenvolvidas durante todo o mês de junho de 2013.

CARTOGRAFIA CULTURAL

O projeto CARTOGRAFIA CULTURAL consiste em identificar e pontuar no mapa do município de Maceió as expressões manifestadas por grupos ou artistas quer desenvolvem atividades relacionadas aos 18 segmentos culturais reconhecidos pelo MINC e já representados no Conselho Municipal de Políticas Culturais de Maceió. São eles: Arquitetura e Urbanismo, Arquivos, Arte Digital, Artes Visuais, Artesanato, Audiovisual, Circo, Cultura dos Povos Indígenas, Culturas Afro-brasileiras, Culturas Populares, Dança, Design, Livro, Leitura e Literatura, Moda, Música, Patrimônio Imaterial, Patrimônio Material e Teatro.segmentos culturais classificados pelo Ministério da Cultura (MINC). O trabalho é uma parceria da FMAC com a Universidade Federal de Alagoas (UFAL). O projeto foi iniciado em julho de 2013.

CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA

A realização da III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA aconteceu em atendimento à convocatória nacional feita pelo Ministério da Cultura visando os passos seguintes que seriam a participação do município nas Conferências Estadual e Nacional. Foram três dias de discussões em torno do tema “Uma Política de Estado Para a Cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura”. A ação foi fundamental para garantir a participação popular na criação do Plano Municipal de Políticas Culturais de Maceió. A Conferência aconteceu no mês de agosto, no Maceió Atlantic Suítes, na Jatiúca.

OFICINA PARA CONCURSO CULTURA

A oficina foi realizada para apresentar o edital e tirar dúvidas acerca das possibilidades ofertadas pelo concurso. Aconteceu no dia dois de agosto, às 16h, no auditório do IPHAN, que fica na Rua Sá e Albuquerque, no bairro de Jaraguá. O concurso cultura 2014 foi destinado à seleção de trabalhos artísticos e culturais selecionados apresentados ao público durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, entre os dias 10 de junho e 15 de julho. O concurso foi promovido pelo Ministério da Cultura (MINC). E a iniciativa da oficina contou com apoio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC).

FÓRUM INSTITUTO DO FILÉ – Validação das Normas de Qualidade do Caderno de Instruções

A Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), apoia o trabalho das artesãs do Bordado Filé para obtenção da Indicação Geográfica (IG) da Região das Lagoas Mundaú e Manguaba. O projeto desenvolvido desde 2010 agrega cinco associações de artesãs, Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (SEPLANDE), Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e Sebrae Alagoas. Para conquistar o registro, as bordadeiras do Filé e entidades parceiras passaram pelas fases de delimitação e mapeamento da área onde o bordado tem forte incidência, e no Fórum, que aconteceu no dia 29 de agosto no Museu Théo Brandão, as artesãs tiveram que passar por uma nova etapa e validar os pontos e as redes escolhidas para compor a documentação que foi entregue ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

TREND HOUSE’13

A Semana de Moda de Alagoas Trend House’13 é um evento que se consolida como uma das mais importantes semanas de moda no Nordeste e funciona como uma grande mostra do trabalho autoral dos criadores alagoanos ligados, principalmente, aos segmentos da moda, design, artesanato, arquitetura, artes, decoração e serviços de beleza. Em 2013, a Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), apoiou a sétima edição do evento, que também contou com o apoio das secretarias municipais de Comunicação, Finanças e Turismo. Especialmente, com apoio da FMAC, a estilista e artesã de filé, Petrúcia Lopes, apresentou em desfile exclusivo, lindas e elegantes peças de filé, produzidas para a coleção ‘Corales’ inspirada nas cores do mar e nos arrecifes trazendo destaque para as cores azul turquesa e coral. A Trend House aconteceu nos dias 19 a 23 de agosto, na Casa de Eventos Musique, em Mangabeiras com a realização de S&M Bureau Criativo em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (FIEA) e o Serviço de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AL).

MUNGUZÁ CULTURAL

Em comemoração ao dia do Folclore, comemorado no dia 22 de agosto, a Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), em parceria com a Universidade Federal de Alagoas, realizaram uma edição especial do projeto Munguzá Cultural. A ação é tradicional no Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore (MTB), com debates e palestras mensais com temáticas ligadas as culturas populares. A edição especial do Munguzá Cultural aconteceu no Museu Théo Brandão, localizado na Avenida da Paz, Centro com palestras e o tradicional munguzá, que contou com as presenças da Vice-Reitora da UFAL, Raquel Rocha, e do presidente da FMAC, Vinicius Palmeira.

CURADORIA PARA EXPOSIÇÃO DE ARTES

Foi iniciada nos dias 29 e 30 agosto, no Espaço Cultural da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). A ação foi realizada por meio de uma parceria entre a Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) e o Projeto Moradores. Na oficina conduzida pela artista visual Camila Cavalcante, foram discutidos princípios básicos da curadoria, o papel do curador em exposição e em outros projetos visuais, e a relação curador x artista e curador x galeria de arte. O segundo ciclo de oficinas ocorreu nos dias 12 3 13 de setembro, na sala Art Studium do Espaço Cultural da UFAL, localizado na Praça Sinimbu, Centro. Desta vez conduzida pela artista audiovisual Alice Jardim.

CONCERTOS PARA MACEIÓ

O projeto CONCERTOS PARA MACEIÓ leva shows da orquestra Ero Dictos e do Coral Coretfal para diversos bairros de Maceió. A ação garante o acesso gratuito da população à música erudita e ao canto coral e ajuda a romper o paradigma de que a maioria da população não gosta de música erudita.

OFICINA DE INTERFERÊNCIA URBANA

A Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), em parceria com a Fundação Nacional de Artes (Funarte), e apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), realizaram uma atividade de formação voltada à comunidade artística de Maceió. A Oficina de Interferência Urbana/Arte contemporânea foi voltada para os interessados em artes visuais e interferência urbana. O curso aconteceu entre os dias 9 a 13 de setembro, das 8h às 17h, no auditório da FMAC, em Jaraguá. No dia 12, a ação foi ministrada pelo artista visual carioca Ronald Duarte, que promoveu reflexão sobre a prática das artes contemporâneas, através de conversas sobre movimentos, linguagens e pesquisas artísticas nas mais variadas interpretações da arte para integrar os participantes.

GALERIA DE ARTES VISUAIS A CÉU ABERTO

O projeto GALERIA DE ARTES VISUAIS A CÉU ABERTO corresponde à ocupação artística dos muros existentes no corredor urbano que liga os bairros de Jaraguá e Pajuçara. A quarta intervenção artística nos muros obedeceu a temática Cultura Popular e contou com a participação dos artistas Persivaldo Figueroa, Achiles Escobar, Rosivaldo Reis, Levy Paz, Mirna Maracajá, Sandra Neves, Emerson Magalhães, Adriana Jardim, Pedro Lucena, Herbert Loureiro, Edmilson Oliveira e Izael Gomes. A curadoria do trabalho é da artista visual e coordenadora do projeto Alagoas Presente, Marta Arruda. A quarta intervenção na galeria – a primeira foi há 15 anos – aconteceu em outubro de 2013.

MACEIOCYCLE

O evento é considerado o maior do segmento em todo Norte e Nordeste e, em 2013, aconteceu no período de 17 a 20 de outubro, no estacionamento do Jaraguá. Os detalhes sobre a programação do evento foram discutidos no dia 22 de setembro durante a reunião na sede da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC). O Evento contou com dez grandes shows de bandas alagoanas, além dos tradicionais passeios motociclísticos, exibições de acrobacias em motocicleta e exposição de produtos especializados para o segmento.

NORDESTE CANTAT

O 15º Festival Nordeste Cantat Internacional reverenciou o centenário do músico e compositor Vinícius de Moraes. O evento teve seu início no dia 16 de outubro e seguiu até o dia 20 sempre às 19h no Teatro Deodoro, reunindo 40 consertos musicais entre clássicos e eruditos. O Festival, conhecido pela diversidade cultural e como disseminador da boa música, contou com várias atrações locais: Coral do Poder Judiciário, Coral Infanto-Juvenil do Colégio Santa Madalena Sofia, Coro Reluz, O Sinteal em Canto, Rugas de Ouro e Grupo Artístico de Escola Madre Blanche. O convidado especial do Festival foi o grupo uruguaio Vozes Amigas. Além do apoio da Prefeitura de Maceió, o evento contou coma parceria da Secretaria de Estado da Cultura, Algás, SESI/FIEA, Instituto Zumbi dos Palmares e Diteal.

198 ANOS DE MACEIÓ

As comemorações pelos 198 ANOS DE MACEIÓ duraram uma semana com programação cultural diversa. Entre os eventos integrados destacam-se a 4ª Mostra Sururu de Cinema Alagoano, o 29º Salão de Artes Visuais da Marinha e os 40 Anos do Ballet Eliana Cavalcanti. A grande festa contou com quase 200 artistas alagoanos reunidos para o emocionante espetáculo Senhora dos Prazeres, numa noite memorável que contou ainda com o brilho dos ícones da música brasileira: Djavan e Hermeto Pascoal. A festa foi realizada em diversos pontos da cidade no período de 4 a 9 de dezembro e teve como ponto alto o dia 5, com os shows gratuitos no estacionamento do bairro histórico de Jaraguá.

SAURÊ PALMARES

O projeto SAURÊ PALMARES nasce no Mês da Consciência Negra como homenagem da Prefeitura de Maceió à cultura afro-brasileira produzida na cidade. O evento prevê a ocupação da Praça dos Palmares com atividades artísticas e culturais diversas como: dança, música, capoeira, exposições, artesanato e comidas típicas. A ação colabora para o fortalecimento do segmento da cultura afro-brasileira por meio do reconhecimento, valorização e divulgação das especificidades culturais das comunidades tradicionais de matriz africana e combate ao racismo. Em 2013, foi realizada uma edição do projeto, em novembro, na Praça dos Palmares, Centro.

ENCONTRO DOS CAMPEÕES DO REPENTE

Em 29 de novembro, Maceió sediou o XXIV Encontro dos Campeões do Repente do Nordeste, considerado o maior evento de divulgação da arte da cantoria de viola por promover um intercâmbio cultural entre os artistas de Alagoas e dos demais estados do Nordeste. O Evento ocorreu às 20h na Casa da Palavra, no Centro, e contou com a participação de 16 cantadores. Entre eles, as duplas paraibanas Manoel Messias e Antônio Carlos, Geraldo Alves e Lúcio da Silva, e Antônio Lisboa e Ednilson Ferreira, do pernambucano Sinésio Pereira, Noel Calixto, Francisco Luiz do Nascimento, Antônio Gerônimo e João Procópio. A ação é uma realização da Associação dos Violeiros Trovadores de Alagoas (AVTA), com o apoio da Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC).

DIA NACIONAL DO SAMBA

No dia do samba, comemorado em dois de dezembro, a Prefeitura de Maceió, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), apoiou a iniciativa da Liga das Escolas de Samba e realizou uma grande noite festiva com as baterias das escolas, mestres salas, passistas e shows musicais. A festa gratuita aconteceu na Orla de Pajuçara, às 20h, ao lado da Feira de Artesanato. Participaram as Escolas de Samba, 13 de Maio, Arco-Íris, Unidos do Poço, Jangadeiros Alagoanos, Girassol e Gaviões da Pajuçara. Contou ainda com a banda parceiros do Samba, Igbonan Rocha e convidados especiais.

FESTEJOS NATALINOS

Os FESTEJOS DE NATAL aconteceram pela manhã, tarde e noite por durante o mês de dezembro. Foram 60 apresentações de 30 corais diferentes somados aos nossos folguedos natalinos. O ponto alto foi no dia 22, quando aconteceu o grande encontro dos corais e o espetáculo Auto de Natal do Quinteto Violado, na Praça Multieventos, na Pajuçara. Também fez parte da programação a tradicional Substation, festa de música eletrônica que agitou a antiga estação ferroviária de Jaraguá, no dia 24.

RÉVEILLON

O RÉVEILLON em Maceió foi marcado pela descentralização e clima de paz. A festa pensada para toda a família aconteceu nos bairros de Ponta Verde, Ipioca, Jacintinho e Clima Bom com apresentações de artistas locais e nacionais como Edson Gomes, Moraes Moreira, Jair Rodrigues e Katinguelê.

bg azul