feed

SMS

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Dias Cabral, 569 - Centro
CEP 57020-250 // Fone: 82 3312-5400
Horário de atendimento: segunda a sexta, de 8h às 14h.

Página Inicial

Diretrizes e Normas

CGAP
Rede Básica de Serviços
Notas e Informes Técnicos

  • Diretrizes e Normas Diversos

 

zika_virus Protocolo Integrado para Vigilância, Atenção à Saúde e Prevenção da Síndrome Congênita relacionada à Infecção pelo Zika Vírus em Alagoas

Procedimentos para o monitoramento das alterações no crescimento e desenvolvimento a partir da gestação até a primeira infância.Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas, 2018

exposicao_biologica Protocolo Integrado para Vigilância, Atenção à Saúde e Prevenção da Síndrome Congênita relacionada à Infecção pelo Zika Vírus em Alagoas

Procedimentos para o monitoramento das alterações no crescimento e desenvolvimento a partir da gestação até a primeira infância.Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas, 2018

caderno13
Cadernos da Atenção Básica e outras publicações Nº 13

Controle dos cânceres do colo do útero e da mama (2013 – 2ª EDIÇÃO).

caderno23
Cadernos da Atenção Básica e outras publicações Nº 23

Saúde da Criança: Aleitamento Materno e Alimentação Complementar (2015 – 2ª Edição).

caderno29
Cadernos da Atenção Básica e outras publicações Nº 30

Rastreamento (2010).

caderno30
Cadernos da Atenção Básica e outras publicações Nº 29

Procedimentos (2011).

caderno31
Cadernos da Atenção Básica e outras publicações Nº 31

Práticas integrativas e complementares: plantas medicinais e fitoterapia na atenção básica (2012).

caderno32
Cadernos da Atenção Básica e outras publicações Nº 32

Atenção ao Pré Natal de Baixo

Caderno de atenção domiciliar – Vol 1

Caderno de atenção domiciliar – Vol 2

Caderno de atenção domiciliar – Vol 3 – Cuidados em Terapia Nutricional

Caderno de atenção básica – Saúde domiciliar

Caderno de atenção básica – Hipertensão arterial sistêmica para o Sistema Único de Saúde

Caderno de atenção básica – Prevenção clínica de doenças cardiovasculares, cerebrovasculares e renais

Caderno de atenção básica – Controle dos cânceres do colo do útero e da mama

Caderno de atenção básica – Obesidade

Caderno de atenção básica – HIV/Aids, hepatites e outras DST

Caderno de atenção básica – Envelhecimento e saúde da pessoa idosa

Caderno de atenção básica – Carências e micronutrientes

Caderno de atenção básica – Vigilância em Saúde: dengue, esquistossomose, hanseníase, malária, tracoma e tuberculose

Caderno de atenção básica – Vigilância em saúde: zoonoses

Caderno de atenção básica – Saúde da Criança: Aleitamento Materno e Alimentação Complementar – 2ª Edição

Caderno de atenção básica – Saúde na escola

Caderno de atenção básica – Doenças respiratórias crônicas

Caderno de atenção básica – Saúde sexual e saúde reprodutiva

Caderno de atenção básica – Diretrizes do NASF: Núcleo de Apoio a Saúde da Família

Caderno de atenção básica – Acolhimento à demanda espontânea – Vol 1

Caderno de atenção básica – Acolhimento à demanda espontânea: queixas mais comuns na atenção básica – Vol2

Caderno de atenção primária – Rastreamento

Caderno de atenção primária – Procedimentos

Caderno de atenção básica – Práticas integrativas e complementares: plantas medicinais e fitoterapia na atenção básica

Caderno de atenção básica – Atenção ao pré-natal de baixo risco

Caderno de atenção básica – Saúde da criança: crescimento e desenvolvimento

Caderno de atenção básica – Saúde mental

Caderno de atenção básica – Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica

Caderno de atenção básica – Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus

Caderno de atenção básica – Estratégias para cuidado da pessoa com doença crônica obesidade

Caderno de atenção básica – Núcleo de Apoio à Saúde da Família

Caderno de atenção básica – Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica – O cuidado da pessoa tabagista

Modelos de Normas e Rotinas 

Manual POP

SAE – Atenção Básica

Regimento Enfermagem

 

O PMAQ:

O PMAQ-AB tem como objetivo incentivar os gestores e as equipes a melhorar a qualidade dos serviços de saúde oferecidos aos cidadãos do território. Para isso, propõe um conjunto de estratégias de qualificação, acompanhamento e avaliação do trabalho das equipes de saúde.
O programa eleva o repasse de recursos do incentivo federal para os municípios participantes que atingirem melhora no padrão de qualidade no atendimento. O programa foi lançado em 2011 e agora, em 2015, inicia seu 3º ciclo com a participação de todas as equipes de saúde da Atenção Básica (Saúde da Família e Parametrizada), incluindo as equipes de Saúde Bucal, Núcleos de Apoio à Saúde da Família e Centros de Especialidades Odontológicas que se encontrem em conformidade com a PNAB. Saiba mais aqui.

bg azul